quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Garanhuns é contemplada com Projeto Recicleta

Depois de ser contemplada com o Projeto Recicla Pernambuco, Garanhuns passa a desenvolver o Projeto Recicleta. Trata-se de uma ação do Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, que visa contemplar, por meio de Associações, os catadores de material reaproveitável com bicicletas fabricadas a partir de material reciclado.

A fabricação do transporte será realizada pelos instrutores e alunos dos cursos de Serralharia e Tornearia Mecânica da Escola Técnica Municipal, vinculada à secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município. Inicialmente cada Recicleta leva em média 15 dias para ficar pronta - o que resultará na fabricação de duas ao mês.

 Elas são longas e chegam a medir 2 metros e 10 centímetros de comprimento; possuem duas celas, dois pares de pedais e terão um reboque de aproximadamente 2 metros de comprimento, por um de largura, que permitirá o transporte de bastante material reciclado. As Recicletas suportarão um peso máximo de 150 quilos. A fabricação do produto já foi iniciada para a confecção e aprovação do Protótipo.

Além de Garanhuns, o Projeto vai contemplar dezoito Cidades do interior do Estado. Arcoverde, Serra Talhada, Gameleira, Jaboatão, Cupira, Ipojuca, Maraial e Ribeirão, são algumas delas. “Essa é mais uma ação de inclusão sócio-econômica dos catadores de materiais recicláveis. Pois objetiva melhorar a qualidade dos serviços de limpeza urbana nos Municípios do Estado de Pernambuco. As recicletas atuarão como suporte necessário a esses profissionais”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Garanhuns, Ornilo Lundgren.

Garanhuns parte na frente, pois já dispõe de condições favoráveis para projetos que fortaleçam o Meio-Ambiente. O Município é dotado de um Aterro Sanitário e também registra a existência de associações de catadores, como: a Associação Nova Vida de catadores de material reaproveitável de Garanhuns – ASNOVE; a ONG Eco Nordeste, que também trabalha a questão ambiental; além da Campanha de Coleta Seletiva permanente, viabilizada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio-Ambiente.

Atualmente, a Cidade produz cerca de 150 toneladas de lixo por dia. 24 toneladas são recicladas pela ASNOVE, mensalmente. “Muitos outros catadores também realizam essa atividade de forma autônoma na Cidade. O que abre um precedente para a formação de mais Associações ou Cooperativas”, sugeriu Lundgren, que complementa: “essa atividade, que tem garantido o sustento de várias famílias locais, está em ascensão”, finaliza o secretário Ornilo Lundgren.

Um comentário:

  1. suíça pernambucana2 de setembro de 2011 04:52

    GARANHUNS TEM FUTURO disse...
    O prefeito de Garanhuns deve ser O PEREIRA FILHO homem honesto, integro e com um passado limpo!
    Vamos valorizar a prata da casa pessoal! Chega de forasteiros.

    ResponderExcluir